4 dicas para diminuir a geração de lixo eletrônico


Imagem destaque deste post

A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é “o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações”. Você entende o que isso tem a ver com reduzir a geração de lixo eletrônico?

Por vezes, a ideia de sustentabilidade aliada à de desenvolvimento nos faz pensar em encontrar formas de não esgotar os recursos existentes para o futuro. E isso está relacionado à redução do consumo e também à redução da geração de resíduos, incluindo o e-lixo.

Neste post, daremos dicas para ajudar você a minimizar seu consumo de eletrônicos, saber o que fazer com os que você não quer mais e ajudar o planeta. Acompanhe!

#1 Aposte na ideia de “compra inteligente”

Uma das melhores formas de reduzir a geração de lixo eletrônico é comprando menos eletrônicos. Com novos produtos sendo lançados diariamente, essa mudança pode até parecer um pouco difícil, mas é bem possível!

null

O que nos ajuda é a ideia de “compra inteligente”, que nada mais é do que avaliar bem cada produto antes de pagar por ele e levá-lo para casa. Avalie se você precisa mesmo de uma TV nova porque a marca que você gosta lançou um modelo maior. Ou se o eletrodoméstico que escolheu tem mesmo o melhor custo-benefício para que você não queria ou não precise trocá-lo rápido demais.

Entendeu a ideia? Você também pode aplicá-la ao estudar se pode comprar um mesmo aparelho com múltiplas funções, ao invés de vários eletrônicos diferentes. Considere sempre suas reais necessidades e o objetivo de consumir prejudicando menos o planeta!

#2 Cuide bem dos seus eletrônicos

Quando precisamos economizar, percebemos que além de evitar gastos injustificados, é importante evitar danos aos nossos bens para não ter que gastar com reparos ou novas aquisições.

null

Que tal aplicar essa ideia sempre, quer você esteja com o “cofrinho” cheio ou não? Assim sendo, outra boa estratégia é cuidar bem daquilo o que você já tem para não acabar criando a necessidade de comprar um eletrônico novo.

Lembre-se de que novas compras impulsionam a produção e que esta, por sua vez, consome recursos do planeta. E ainda, que o aparelho antigo e estragado acabe virando lixo, que pode ser nocivo ao meio ambiente.

#3 Doe os eletrônicos em bom estado

É certo, porém, que não estamos dizendo que você deve evitar comprar novos eletrônicos a todo custo. Às vezes, precisamos mesmo de uma geladeira nova ou queremos nos presentear com uma TV ou um smartphone melhor, por exemplo.

null

Quando algo assim acontecer, é interessante doar os eletrônicos que estiverem em bom estado e funcionando, assim como fazemos em nossas ações sociais. Você provavelmente conhece alguém que poderia se beneficiar dessa doação e, caso não conheça, sempre pode procurar ONGs ou outras instituições de caridade.

Se você achar melhor, vale até vender ao invés de doar. Existem plataformas online em que você pode anunciar o produto, encontrar um comprador e evitar que seu antigo eletrônico vá parar no lixo.

É legal pensar que, quando alguém recebe uma doação ou compra um eletrônico usado, também ajuda a reduzir o consumo e a produção de novos aparelhos. O planeta agradece!

#4 Faça o descarte correto de seu lixo eletrônico

Por fim, se o seu eletrônico estiver estragado ou não for útil o bastante para ser doado ou vendido, você deve descartá-lo da maneira ambientalmente correta com a ajuda da BH Recicla.

Em nosso blog, sempre explicamos que os eletrônicos têm, em sua composição, substâncias químicas que podem contaminar o meio ambiente, se forem descartados junto ao lixo comum. Por isso, é preciso buscar por postos de coleta especializados ou solicitar a nossa coleta gratuita em sua residência ou empresa.

null

Uma vez seu lixo eletrônico descartado corretamente, suas peças são separadas para que os materiais possam ser devidamente reciclados. Assim, é possível reutilizar alguns recursos para a produção e minimizar o impacto do consumo no planeta.

Agora que você já sabe como diminuir a geração de e-lixo, confira algumas pequenas, mas importantes mudanças de hábitos para ajudar o meio ambiente!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)