A crise da água: 3 cidades que já estão sofrendo


Imagem destaque deste post

Nós, seres humanos, temos um problema: por vezes, só nos preocupamos com algo quando somos afetados pelo problema. Com isso em mente, consideramos que um dos caminhos para despertar a consciência coletiva é apresentar realidades que estão mais próximas do que a gente imagina.

Grandes cidades, inclusive a poderosa São Paulo, já lidam com a crise da água. É dever de todos nós repensarmos a forma que consumimos esse recurso para que a situação não piore a ponto de se tornar crítica.

Para instigar a mudança, fizemos esta lista com 3 dentre as várias cidades que já sofrem com o problema. Veja só!

#1. Cidade do Cabo

Em 2018, uma grave crise hídrica colocou a Cidade do Cabo, na África do Sul, como a primeira com chances de ficar sem água potável no mundo. Naquele ano, os reservatórios que abasteciam os 4 milhões de habitantes chegaram a operar com apenas 20% de sua capacidade.

Parte do problema teve relação com uma prolongada escassez de chuvas, mas a existência de encanamentos fracos demais para aguentar a pressão da água - levando ao desperdício - também foi apontada como um fator decisivo.

O governo precisou limitar o consumo diário para 87 e depois para 50 litros de água por pessoa. Ao invés de tomar banhos convencionais, os habitantes da Cidade do Cabo passaram a usar jarras e baldes para fazer sua higiene.

#2. Cidade do México

Infelizmente, os 21 milhões de habitantes da Cidade do México já estão habituados à escassez de água. A área onde a capital mexicana se desenvolveu contava com uma rede de lagos subterrâneos, mas o crescimento da área urbana levou ao esgotamento dessas fontes.

Um em cada cinco moradores da Cidade do México só tem água durante algumas horas por semana! Para outros 20%, o abastecimento só acontece ao longo de algumas horas por dia. Em muitas áreas, a água só chega por meio de caminhões-pipa.

Atualmente, cerca de 40% da água da cidade vem de fontes distantes, não existe um sistema de reciclagem ou coleta que funciona em larga escala. E, para piorar, estima-se que desvios e vazamentos sejam a causa de um desperdício de 40% da água que chega à região.

#3. São Paulo

Um levantamento recente do Instituto Trata Brasil revelou quais são os oito estados do país que mais desperdiçam água. Em geral, a situação está relacionada a “vazamentos, ligações clandestinas e falhas de leitura de hidrômetro”.

O desperdício em São Paulo fica dentro da média nacional de 38%, mas especialistas indicam que a possibilidade de sofrer uma crise da água serve de alerta para a maior metrópole brasileira.

Entre 2014 e 2015, São Paulo sofreu uma grave crise hídrica com o Sistema da Cantareira, seu principal conjunto de reservatórios, atingindo o menor volume em toda a sua história.

A forte seca foi um fator importante para a situação e, em dezembro de 2015, com a volta das chuvas, o nível dos reservatórios subiu. Porém, a ONU indicou que a falta de planejamento adequado também contribui para o problema.

Atualmente, a situação de São Paulo é melhor do que a vivida alguns anos atrás, mas a possibilidade de uma nova crise ainda existe. Em outras palavras, a capital está sofrendo “sem saber”.

Faça sua parte!

A água é um recurso natural renovável, mas seu processo de renovação não é tão rápido quanto nosso ritmo de consumo. Sendo assim, pequenas ações também fazem diferença e há medidas que todos podemos seguir.

Em geral, a produção de bens envolve o uso de água. Apostar no consumo consciente ou até no minimalismo pode ajudar. Além disso, vale saber que até o envio de materiais para a reciclagem tende a reduzir a produção, diminuindo o uso da água.

Outras ideias passam por adotar medidas como: fechar a torneira da cozinha enquanto ensaboa os louças, tomar banhos mais curtos e captar água da chuva para reutilizar em casa.

Pronto para ajudar a afastar a crise da água? Lembre-se de que você pode solicitar a coleta gratuita da BH Recicla para dar o destino certo ao seu lixo eletrônico!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)