Adubo inteligente? Conheça o adubo que fertiliza plantas por até 3 meses!


Imagem destaque deste post

Pode acreditar, existe um adubo que dura mais tempo, causa menos impacto ao meio ambiente e ainda gera economia! Esse é o “adubo inteligente”, uma invenção que pode revolucionar a maneira que fertilizamos as plantas.

Está se perguntando por que decidimos fazer um post para falar sobre isso? Fertilizantes tradicionais são utilizados em larga escala em diversas partes do mundo para a produção de alimentos.

A produção de um fertilizante capaz de transformar esse processo produtivo, deixando-o menos nocivo e até mais barato pode ser muito benéfico para todo o planeta. Continue a leitura e saiba mais!

O que é o adubo inteligente

O “adubo inteligente” recebe esse nome em razão de sua capacidade para liberar suas substâncias fertilizantes aos poucos, fazendo com que a ação do produto seja prolongada.

Dessa forma, com uma quantidade menor do fertilizante sendo liberada ao longo do tempo, solo e plantas têm melhores condições para reagir e responder aos estímulos químicos. Consequentemente, há necessidade de menos produto, o que leva a economia de recursos e favorece o meio ambiente.

Inteligência russa e inteligência brasileira

Dois “adubos inteligentes” chamam a atenção do mercado. Um deles, é o fertilizante desenvolvido por pesquisadores russos na Universidade Federal da Sibéria.

Essa solução é resultado da combinação de fertilizantes tradicionais a um polímero biodegradável, levando a um material cujo processo de decomposição é mais lento, retardando a liberação dos nutrientes no solo.

Já a solução brasileira, desenvolvida por pesquisadores da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) utiliza a nanotecnologia em um processo que permite melhor manipulação das substâncias, favorecendo um maior controle do tempo de liberação dos nutrientes.

O produto foi testado e teve eficácia comprovada pela equipe do pesquisador Alberto Bernardi e é tido como uma importante promessa para o futuro do agronegócio aliado à sustentabilidade.

As vantagens do adubo inteligente

As vantagens do “adubo inteligente” já foram apresentadas: é uma substância que minimiza os impactos ambientais e reduz os gastos com fertilizantes, uma economia que pode ter efeitos em toda a cadeia produtiva.

Economia

Para ficar mais claro, segundo a Embrapa, cerca de 50% do fertilizante aplicado por agricultores brasileiros em suas lavouras é perdido, seja levado pela água ou em razão de sua transformação natural em gás. Por essa razão, os fertilizantes tradicionais representam de 25% a 45% do custo variável das principais produções agrícolas do país.

Além disso, o fertilizante brasileiro é um produto que utiliza matéria-prima nacional, o que reduz seu custo de produção e, consequentemente, o seu preço para o agricultor. Com tudo isso em mente, fica mais fácil entender como a solução inteligente pode transformar o setor e seu mercado.

Meio ambiente

Para melhorar, o “adubo inteligente” não é notícia boa apenas em razão de suas vantagens financeiras. As substâncias que fazem parte de sua composição contribuem para que a solução volatize menos (reduz o processo de transformação natural do fertilizante em gás) e isso, em comparação com o uso dos produtos tradicionais, contribui para a redução da emissão de gases do efeito estufa.

A essa altura, você pode estar pensando que o ideal seria uma agricultura orgânica em larga escala, mas sabemos que essa não é uma proposta fácil. Por isso, o “adubo inteligente” é uma poderosa tecnologia na luta por um desenvolvimento cada dia mais sustentável!

Gostou do post? Compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas conheçam o adubo inteligente!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)