Aos olhos da experiência, a vida sempre tem muito a ensinar!


Imagem destaque deste post

Todos estamos sujeitos ao envelhecimento e envelhecer é um processo natural que exige alguns cuidados. Com o passar dos anos, ganha-se experiência e muita sabedoria, mas perde-se um pouco da independência, o corpo passa a responder mais pelos anos vividos, dentre outros efeitos colaterais que vem com a idade.

Muitas pessoas não sabem, mas a depressão é uma doença bem presente na velhice, seja pelas novas limitações que surgem com o tempo, pelas doenças da idade ou até mesmo pelo abandono de familiares. Assim surge a importância do trabalho de instituições especializadas nos cuidados de nossos idosos como a Casa de Repouso Ana de Souza e Silva.

Com o apoio incondicional dos Doutores Palhaços de BH, nós da Ação Social BH Recicla fomos até a instituição para conhecer mais sobre o trabalho que realizam e levar um pouco de amor e carinho para nossos vovôs e vovós, em uma tarde pra lá de emocionante.

Graças as empresas e clientes que apoiaram essa nova fase de nossa Ação Social nos destinando seus resíduos eletrônicos, fomos capazes de realizar a doação de dois computadores novos, para atender as demandas administrativas da Casa de Repouso. Com a ajuda dos Doutores Palhaços de BH, também conseguimos preparar uma tarde com lanches gostosos e muita música, proporcionando momentos de alegria para os idosos e uma experiência sem igual para nossa equipe.

Fundada por um kardecista espírita, ao receber uma carta psicografada de sua falecida mulher, a Casa de Repouso que fica na cidade de Santa Luzia, atende hoje 39 idosos, sendo 21 mulheres e 18 homens. O lugar que tem como principal renda os auxílios dos próprios moradores, já chegou a atender de uma única vez mais de 11 idosos sem família ou nenhum tipo de renda para colaborar na manutenção do lar. Mas hoje, devido as dificuldades financeiras, já não conseguem mais atender a demanda de idosos abandonados por seus familiares.

As necessidades são muitas: materiais de limpeza, leite, fraldas geriátricas, itens de higienização pessoal ou até mesmo uma visita para um bom dedo de prosa, um olhar carinhoso e muita troca de afeto.

“A casa está aberta todos os dias da semana para que todo mundo possa vir, sentar e conversar com eles. Precisamos de ajuda para tudo, mas se a pessoa tiver um coração cheio de amor, nos contentaremos com essa doação”, afirma Maria Cleuza – Presidente Voluntária da instituição.

Mais do que bens materiais, a companhia física e a conversa são muitas vezes os melhores cuidados com nossos idosos e isso todos temos a oferecer. Se você também quiser conhecer mais sobre a Casa de Repouso Ana de Souza e Silva ou passar uma tarde gostosa como a nossa, com os vovôs e vovós atendidos pela instituição, basta fazer contato pelo número 31 3636-3945, falar com Deislan Corcino (Assistente Social) ou com Jaqueline Campos (Assistente Administrativa), e agendar sua visita.

Tenha certeza de que, mais do que ajudar a quem necessita, você vai desfrutar de vários momentos de alegria e ter seu coração renovado com essa experiência transformadora!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)