Calor no verão: aquecimento global ou ação natural?


Imagem destaque deste post

Você pertence ao grupo dos que adoram o sol, o verão e esse clima que nos deixa com vontade de passar o dia todo na praia ou na piscina? Ou prefere temperaturas mais amenas e acredita que esse calor está demais?

Seja qual for a sua preferência, saiba que 2019 pode ser o ano mais quente registrado. Por aqui, essa informação nos provocou uma dúvida que ecoa de uma discussão já antiga: o aumento na temperatura acontece em razão do aquecimento global ou por causas naturais?

“Anormalmente quente”: 2019 e a alta na temperatura

A onda de calor que já se apresentou a países da europa vai de encontro às conclusões de um estudo que revelou que os anos entre 2018 e 2022 serão anormalmente quentes.

O estudo foi desenvolvido pelo Centro Nacional de Pesquisa Científica, na França, e indica que a probabilidade de vivenciarmos “eventos quentes” (como são chamados pelos cientistas) é 69% maior do que a prevista anteriormente. Ainda, a probabilidade de um “evento quente extremo” aumentou em 400%.

Além desse cenário global, o calor no verão de 2019 no território brasileiro também tem relação com fenômeno El Niño que, característicamente, aumenta a temperatura no país, bem como a incidência de chuvas.

Aquecimento global ou ação natural

Há uma discussão antiga acerca da causa por trás da crescente intensidade das ondas de calor no planeta. A verdade é que não existe necessidade de sermos taxativos e cravar uma única resposta, mas especialistas indicam que já passou da hora de associarmos o registro de novos recordes de temperatura mundo afora ao aquecimento global.

O aquecimento global não é linear e não é, necessariamente, a causa de todos os fenômenos climáticos. Porém, está associado à frequência com que esses eventos têm acontecido e isso vale tanto para períodos de calor mais extremo quanto de frio mais intenso.

Assim, é interessante não se ater apenas à ideia de que as mudanças climáticas que acompanhamos ano após ano são consequência única da ação da natureza ou nada mais que uma tendência natural.

Para Claudio Angelo, coordenador do Observatório do Clima “hoje, tudo o que acontece com a meteorologia no planeta tem relação com o aquecimento global, porque o mundo está mais de 1 grau celsius mais quente do que estava em 1750. Não dá mais para tirar o aquecimento da Terra da equação”.

O que a reciclagem tem a ver com tudo isso

Os efeitos do aquecimento global são mais expressivos nos polos do planeta, mas não afetam somente aquelas regiões. O derretimento do Ártico e de partes da Antártica contribui para o aumento do nível do mar percebido até mesmo aqui no Brasil e o país não está devidamente preparado para lidar com isso.

O desafio inclui melhorar a infraestrutura costeira para impedir que as águas atinjam edificações próximas às costas ou evitar alagamentos decorrentes das chuvas mais intensas. Engloba ainda questões de saúde já que o calor extremo pode afetar populações idosas, além de contribuir para a multiplicação de doenças.

E o que a reciclagem tem a ver com tudo isso? Como você já deve saber, reciclar é uma das formas que temos de preservar o meio ambiente e proteger suas formas de vida. O lixo que não tem a destinação correta tem mais chances de contaminar solo, água e ar, prejudicando a capacidade do planeta em se regenerar e minimizar os efeitos das mudanças climáticas.

No fim das contas, quer você goste ou não do calor (cada vez mais) intenso do verão, vale a pena agir para minimizar consequências nocivas do aquecimento global e das mudanças climáticas, certo? Lembre-se de que pode contar com a BH Recicla para recolher seu lixo eletrônico e ainda, encontrar em nosso blog outras dicas de como ajudar a cuidar do planeta!

Gostou do post? Aproveite e aprenda a reutilizar a água das chuvas que também se intensificam no verão!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)