Coleta e Descontaminação de Lâmpadas Fluorescentes


Imagem destaque deste post

Já faz tempo que consumidores foram orientados a trocar as lâmpadas incandescentes por alternativas mais econômicas. Entre elas, estão as lâmpadas fluorescentes, que podem gerar economia de até 80%. Essa vantagem, porém, não representa o fim dos problemas!

Você sabia que lâmpadas fluorescentes queimadas ou danificadas não podem ser descartadas junto ao lixo comum? Esse tipo de material precisa de descarte especializado, solicitado junto a empresas como a BH Recicla. Neste post, você vai entender os motivos e saber mais sobre esse serviço. Confira!

Os riscos que as lâmpadas fluorescentes trazem

Se você acompanha o blog da BH Recicla, sabe que o lixo eletrônico tem substâncias químicas em sua composição. Essas substâncias, se descartadas de forma indevida, podem entrar em contato com o solo, a água e o ar, contaminando-os.

Essa contaminação afeta o meio ambiente, em especial, e também pode chegar aos seres humanos. As lâmpadas fluorescentes são compostas, entre outros materiais, por mercúrio. E, como contamos no post Como o descarte de resíduos eletrônicos pode afetar sua saúde, o mercúrio pode levar à má formação fetal e causar infecções graves em adultos.

O risco de contaminação existe até mesmo dentro de casa ou no ambiente de trabalho, quando uma lâmpada fluorescente se quebra. É que, se o mercúrio é liberado e inalado em grande quantidade, pode causar problemas neurológicos e hidrargirismo.

Então, as lâmpadas fluorescentes são ruins?

Com tudo isso, fica parecendo que as lâmpadas fluorescentes são de todo ruins, mas não é bem assim. Seu potencial de toxicidade é alto e, por isso, é crucial ter cuidado ao manuseá-las, evitando quebras, e assegurar seu descarte correto.

O fato de as lâmpadas fluorescentes serem energeticamente mais eficientes é um ponto positivo. Uma lâmpada que consome menos energia não só reduz o valor da conta de luz, como é mais amigável ao meio ambiente. O mesmo vale para o tempo de vida útil maior, que reduz o número de trocas por lâmpadas novas.

Apesar disso, vale saber que existe uma alternativa. As lâmpadas de LED, como mostra este comparativo do Diário do Centro do Mundo, têm alta eficiência energética e baixo risco ambiental e pessoal. Além disso, têm potencial reciclável maior que as lâmpadas fluorescentes.

A descontaminação das lâmpadas fluorescentes

Certamente, não é nosso objetivo dizer que você tem de trocar todas as suas lâmpadas fluorescentes por lâmpadas tipo LED. O que queremos é que você se conscientize da responsabilidade que tem ao optar pelo uso das fluorescentes. Assim, você pode fazer sua parte pelo descarte correto!

Para tanto, basta que você solicite os serviços da BH Recicla para que façamos a coleta de suas lâmpadas fluorescentes. Em nossa empresa, faremos a descontaminação que consiste, basicamente, na separação dos componentes das lâmpadas para enviá-los para a reciclagem ou viabilizar sua reutilização.

Alumínio, estruturas metálicas e eletrônicas, soquetes de plástico, vidro e, em especial o mercúrio, quase tudo pode ser recuperado - apenas a baquelite, uma resina sintética que faz isolamento térmico e elétrico, não é reciclada.

A descontaminação ocorre em ambiente seguro, para que não haja contaminações. O mercúrio em forma de vapor é capturado e enviado a um sistema de controle de emissão de gases, onde passa por processos para chegar à sua forma líquida e ter a destinação adequada para o bem do planeta e de todos os seres vivos.

Você tem lâmpadas fluorescentes que precisam ser descartadas? Entre em contato, conheça os valores referentes a destinação desse resíduo e solicite o serviço de coleta e descontaminação da BH Recicla!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)