Destinação de sucata: 5 problemas que você nunca mais vai enfrentar!


Imagem destaque deste post

Demonstrar preocupação com o planeta fortalece sua marca e melhora seus indicadores, atraindo mais investimentos, além de alinhar e engajar ainda mais seu público, em uma era onde os clientes estão cada vez mais exigentes.

Mas apesar de ser uma obrigação legal, fazer a gestão correta dos resíduos ainda é um grande desafio para algumas empresas. Falta de mão de obra especializada, dificuldade de gerenciamento, ausência de transparência nas informações e o alto custo são alguns dos maiores problemas encontrados. Será que você se identifica com algum deles?

1. Capacitação de capital humano

Questões que envolvem meio ambiente devem estar no topo da lista de prioridades de qualquer corporação. Mas não basta apenas saber da importância de reduzir a geração de resíduos e estar comprometido com este objetivo. É necessário investir em educação ambiental, capacitando sua equipe para aplicar estratégias em relação a gestão e monitoramento de resíduos na realidade de seu dia a dia.

2. Dificuldades na logística e na desmobilização

Uma logística eficiente engloba o controle de armazenagem e estoque, a circulação, a distribuição e o descarte final de materiais. Dessa forma, em caso de mudanças, reformas ou fim da vida útil de seus produtos, torna-se obrigação da empresa a devida desmobilização de seus resíduos, conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), estabelecida na Lei 12.305. O descumprimento dessa norma pode implicar em multas e penalidades para a empresa.

3. Descaracterização adequada dos materiais

Quando sua organização adquire um produto ou material, seu CNPJ se relaciona diretamente com ele e você se torna responsável por esse material até o fim de sua vida útil, principalmente no caso de eletrônicos onde esse ciclo de vida é curto e a rotatividade alta. A descaracterização dos produtos é um processo de desmanche que impede que esses resíduos sejam reutilizados, protegendo a imagem da empresa, reduzindo o volume de lixo gerado e aprimorando o processo de reciclagem dos componentes com transparência e segurança no descarte.

4. Melhor destino para cada tipo de sucata

Sempre que realizar o descarte de resíduos da sua empresa é essencial que garanta a eficiência no processo, com base nos requisitos legais. Para tal, é necessário uma empresa referência nesse tipo de solução, com parceiros conceituados e aptos a receber os materiais de sua empresa para realizar corretamente a classificação dos resíduos e dar o tratamento mais indicado para cada tipo de material, como reciclagem, co-processamento, aterros sanitários, incineração, dentre outros.

5. Certificado de destinação final

Ao se contratar uma empresa para o tratamento dos resíduos deve-se levar em consideração se a mesma encontra-se devidamente licenciada, com todas as licenças ambientais pertinentes para a realização das atividades. Ao fim do processo a empresa tratadora gera um Certificado de Destinação Final, a fim de comprovar o devido cuidado na destinação final dos resíduos como previsto pela legislação ambiental.

Referência em resíduos eletrônicos, a BH Recicla simplifica seu processo de descarte com soluções específicas para logística, coleta, separação e destinação de sua sucata metálica, cabos e fios elétricos, máquinas e equipamentos industriais e eletrônicos em geral. Todo o processo é feito de forma ecologicamente correta e dentro das legislações ambientais vigentes, com a comodidade exclusiva de imprimir seu Certificado de Destinação Final de forma online em nosso site sempre que precisar.


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)