5 invenções incríveis que podem salvar o meio ambiente


Imagem destaque deste post

Será que a tecnologia pode contribuir para salvar o planeta? A resposta é sim! Para a nossa felicidade, invenções cada vez mais incríveis surgem em defesa do meio ambiente.

Essas soluções inspiram a BH Recicla a continuar firme em seu trabalho e podem fazer o mesmo por você. Pensando nisso, fizemos este post para que você conheça 5 invenções incríveis e se inspire para seguir fazendo a sua parte para o bem de nosso planeta. Acompanhe!

“Garrafa” de água comestível

Quantas vezes você já comprou uma garrafinha ou copo de água para matar a sede? E em casa ou no escritório, você usa filtros que acompanham galões de água?

Ainda que todo esse material possa ser reaproveitado, nem sempre isso acontece. Da mesma forma, nem sempre as garrafinhas que jogamos fora são destinadas para a reciclagem.

Como solução para o problema, engenheiros da startup britânica Skipping Rocks Lab desenvolveram bolhas de água comestível, que são chamadas de Ooho! A ideia é que o material revestido com extrato natural de algas marinhas seja uma versão sustentável das garrafas de plástico.

Vale mencionar, ainda, que por ser biodegradável, o produto se decompõe completamente no período entre 4 e 6 semanas, caso não seja consumido!

null

Embalagem feita a partir de fungos

Se o exemplo anterior te fez pensar na quantidade de garrafas e copos de plástico que utilizamos só para o consumo de água, pense agora na variedade de embalagens que são feitas do mesmo material e com os mais diversos fins.

Ainda que o plástico possa ser reciclado, já sabemos que nem todos os países e cidades do mundo possuem essa cultura ou contam com sistemas capazes de lidar com o volume de lixo produzido.

Por isso, a Ecovative se destaca por apostar no uso de materiais biodegradáveis para a produção de diversos produtos. Dentre eles, embalagens feitas a partir da combinação de fungos e subprodutos agrícolas.

A empresa ainda oferece materiais para um “faça você mesmo” ou, como referem, “grow it yourself”. No inglês, a prática remete à ideia de fazer com que os fungos se desenvolvam e se transformem no material desejado.

O vídeo abaixo traz instruções em inglês, mas é curto e simples, sendo possível captar a ideia mesmo que você não seja fluente no idioma:

Sistema de fotossíntese artificial

Desde crianças, aprendemos que as árvores e plantas estão entre os seres responsáveis pela purificação do ar do planeta. E isso acontece por meio da fotossíntese.

Com o passar dos anos e o crescimento das sociedades, muitas áreas verdes simplesmente deixaram de existir e, por isso, um sistema de fotossíntese artificial aparece como uma solução tão promissora.

Cientistas da Universidade Estadual da Flórida encontraram um meio de transformar gases poluentes em ar puro, o que pode contribuir para a redução dos gases responsáveis pelo efeito estufa e pelas mudanças climáticas.

Além disso, o sistema de fotossíntese artificial também é capaz de produzir energia, que pode ser utilizada em residências ou indústrias, por exemplo.

Drone polinizador (ou drone inseto / abelha)

Você já deve saber que as abelhas estão em extinção. Apesar do medo que elas causam em função da dor de suas picadas que podem até desencadear processos alérgicos, as abelhas são fundamentais para a vida no planeta.

Isso porque, além de produzir mel, abelhas fazem a polinização e são responsáveis por 35% das colheitas do mundo ou ⅓ daquilo o que comemos. É muita coisa!

Para ajudar a resolver o problema, cientistas japoneses desenvolveram um drone que tem o tamanho de um inseto e que já teve sucesso na polinização de tulipas e lírios.

null

O equipamento conta com uma “barriga” viscosa, capaz de capturar grandes quantidades de pólen e transportá-la a outras plantas.

Obviamente, o drone inseto não vai substituir as abelhas, mas está sendo aprimorado com o objetivo de ajudar no processo de polinização, atendendo às demandas crescentes da agricultura moderna mundial.

Air ink (tinta feita com poluição)

A tinta tradicional que usamos nos mais diversos tipos de caneta, em nosso dia a dia, é feita de combustíveis fósseis, num processo danoso ao Planeta. Já tinha imaginado que algo tão simples e utilizado em larga escala pudesse causar problemas ao meio ambiente?

Para solucionar essa questão, foi criada a air ink. Um dispositivo chamado Kaalink pode ser instalado nos canos de descarga dos veículos ou em chaminés e, então, coletar o material para a produção da tinta.

Ao aproveitar a poluição para a produção de tintas, a air ink contribui para tirar do ar partículas cancerígenas e se responsabiliza por destinar corretamente todos os resíduos gerados no processo, para que sejam classificados e reciclados!

null

Há muitas outras soluções incríveis que podem salvar o meio ambiente. Conhece alguma e quer dividir conosco? Deixe seu comentário!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)