O que a BH Recicla faz com os eletrônicos que busca em sua casa?


Imagem destaque deste post

Se você decide contar com os serviços da BH Recicla, no mínimo quer ser livrar do lixo eletrônico que está acumulando poeira ou ocupando espaço em sua casa. E se, mais do que isso, você está pensando em ajudar o Planeta, deve querer saber o que nós fazemos com os materiais que recolhemos, não é mesmo?

Esse é um questionamento bastante válido. Afinal, se você se preocupa com o meio ambiente, quer ter certeza de que nosso trabalho realmente compartilha dessa preocupação e de que seus eletrônicos terão a destinação correta.

Foi pensando nisso que fizemos este post para te contar o que acontece depois que recolhemos o e-lixo nas residências e, também, em empresas. Acompanhe!

#1 - Separação do e-lixo

Após a chegada à BH Recicla, o lixo eletrônico passa por uma separação baseada em tipos. Por exemplo, eletrodomésticos como máquinas de lavar são separados de aparelhos de áudio e vídeo, como rádios e TVs, que são separados de equipamentos de informática, como monitores, CPUs, impressoras, teclados e outros.

#2 - Desmontagem e descaracterização

Em seguida, os equipamentos passam por um processo que chamamos de “descaracterização”, que nada mais é do que a sua desmontagem, para que seja possível identificar quais são materiais os que compõem esses equipamentos, para então, separá-los corretamente.

Assim, quando um aparelho eletrônico como uma TV ou um computador são desmontados, encontramos materiais como o vidro das telas, a carcaça, as baterias e seus circuitos internos.

#3 - Separação e classificação dos componentes

Uma vez conhecidos, esses materiais que compõem cada eletrônico precisam ser separados e classificados com base em suas matérias-primas. Isso é importante para o sucesso da etapa seguinte de destinação, como você vai ver logo mais, e para que recebam o tratamento adequado.

E é importante, também, para evitarmos falhas que comprometam nosso objetivo de ajudar o Planeta e anular os riscos que alguns desses materiais representam para o meio ambiente e para a saúde humana.

Vale lembrar que equipamentos eletrônicos possuem substâncias químicas e que, portanto, precisam ser classificados para evitar riscos e serem devidamente destinados.

Saiba como é feita a classificação dos resíduos para o descarte.

#4 - Destinação dos resíduos

É nessa etapa que os seus eletrônicos que, a princípio, virariam lixo, ficam prontos para serem enviados a usinas que fazem a reciclagem de matérias primas.

A BH Recicla se encarrega de dar a cada tipo de material, a cada resíduo, a destinação correta junto a empresas especializadas na tarefa de transformá-los e devolvê-los à cadeia produtiva. Materiais como papéis e plásticos vão para a reciclagem, enquanto metais vão para a fundição, por exemplo.

Vale saber que a maior parte do e-lixo que você envia, ao todo mais de 98% do montante que chega a nós, é reprocessada e ganha vida nova!

#5 - Reutilização de equipamentos e materiais

Nem todo eletrônico que a BH Recicla recolhe está fora de condições de uso. Por vezes, pessoas e empresas se desfazem de equipamentos um pouco mais antigos por terem adquirido outros mais novos.

Casos assim abrem espaço para que nossa empresa encaminhe esses materiais a diferentes instituições de caridade. Nosso programa de ação social tem o objetivo de ajudar pontualmente essas instituições parceiras, doando a elas equipamentos ou materiais que correspondam às suas necessidades.

Gostou de saber como, juntos, nós damos o destino correto ao lixo eletrônico? Compartilhe este post nas redes sociais e motive mais pessoas a participarem desse movimento!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)