Precisa mesmo cortar? Entenda quando cortar uma árvore é necessário


Imagem destaque deste post

Para quem defende o Planeta, o corte de uma árvore nunca parece uma solução legal, não é mesmo? Principalmente porque sabemos a importância da vegetação para a nossa saúde, para os animais e para uma vida mais agradável na cidade.

Infelizmente, porém, há situações em que a ação se faz necessária. E isso pode ocorrer tanto por questões legais quanto por riscos à vida de outros seres vivos, inclusive nós humanos.

Fizemos este post pensando em sanar suas dúvidas a esse respeito. Isso porque sabemos que ao se conhecer os motivos que justificam um corte de árvore, fica mais fácil entender a situação. Vamos lá?

A poda de árvores: uma intervenção preventiva

A poda é uma ação mais fácil de ser compreendida, no que diz respeito à sua necessidade. Quer você tenha um jardim quer não, deve saber que muitas plantas precisam ser podadas periodicamente para crescerem mais fortes e saudáveis.

Mas, além disso, árvores podem ser podadas para evitar que se tornem “causa” de problemas. E é por isso que a ação pode ser entendida como uma ação preventiva.

É o caso de árvores de baixa altura que atrapalham a visão de pedestres e motoristas (tampando placas de sinalização, por exemplo). Ou daquelas que acabam tomando conta do passeio, impedindo a passagem. Ou, ainda, das árvores altas o bastante para entrar em contato com cercas e fios elétricos, podendo causar curtos na rede e comprometer o fornecimento de energia.

O corte de árvores: quando se torna necessário

Por sua vez, o corte é uma ação mais drástica e caracteriza a retirada total da árvore. Em uma cidade como Belo Horizonte, que está entre as mais arborizadas do país, muitos espécimes são bem antigos e já começaram a enfraquecer por causa da idade e de doenças.

Assim sendo, quando uma árvore já está comprometida (e não pode ser salva), há risco de queda, ameaçando estruturas, veículos e vidas. E, então, o corte se faz necessário.

Há, ainda, casos em que árvores são cortadas para atender a planos de alterações em vias e construções. Nesses casos, é preciso estar ainda mais atento aos direitos e deveres apresentados na legislação.

O que diz a legislação sobre o corte de árvores

A lei determina que, em BH, qualquer intervenção em árvores — seja em área pública ou particular — precisa de autorização da prefeitura. O corte não autorizado de uma árvore pode, inclusive, gerar multa de até R$2940,71.

Assim sendo, é preciso abrir uma solicitação e, depois, aguardar a visita de um engenheiro especialista, que realiza uma vistoria e indica o procedimento mais adequado. O profissional emite um laudo e recebe um documento da PBH, informando qual procedimento foi (ou não) autorizado.

Como solicitar a poda ou corte de uma árvore

Para solicitar uma intervenção em área privada, é preciso acessar o Portal de Informações e Serviços, digitar “poda” no campo de busca e selecionar a opção “Árvore - Autorização para Corte ou Poda em Área Privada”.

Caso a intervenção seja em área pública, é possível solicitar o serviço pelo canal de atendimento no site da Prefeitura ou por meio do telefone, no 156.

Fique de olho e faça a sua parte

Você não precisa entrar em contato com a prefeitura apenas quando precisar cortar uma árvore. Se houver indícios de que a saúde da planta não vai bem ou de que falta a poda preventiva, você também pode pedir ajuda.

Além disso, se alguma árvore for cortada por algum motivo, você pode ficar de olho e se informar sobre o plantio de uma nova muda. O dono do terreno ou a própria prefeitura podem se encarregar do cumprimento dessa tarefa. Afinal, o replantio é de suma importância!

Ficou com alguma dúvida sobre a poda e o corte de árvores? Deixe sua mensagem!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)