BH é referência em sustentabilidade e meio ambiente


Imagem destaque deste post

Pelo terceiro ano consecutivo, Belo Horizonte ganhou em 2017 o 1° lugar no ranking da Urban Systems, como cidade referência em sustentabilidade e meio ambiente. O prêmio foi entregue na edição de mesmo ano do Connected Smart Cities em São Paulo.

O uso de energia solar através do sistema implantado no estádio do Mineirão e em outros pontos da cidade foi um dos fatores que garantiram o pódio e também o título de Capital Solar do Brasil à capital mineira.

Os “prédios verdes”, que garantem eficiência energética, uso racional de água e reciclagem de resíduos, também são destaque em BH. Tal projeto foi evidenciado em 2016 pelo ranking internacional da Economist Intelligence Unit.

Premiações

Além do título em 1° lugar como cidade referência em Meio Ambiente, Belo Horizonte ainda recebeu prêmios em outras categorias em 2017:

- Ranking Geral: 4° lugar entre as maiores cidades brasileiras.

- 1° em Meio Ambiente entre as cidades da região sudeste.

- Ranking por porte (mais de 500 mil / habitantes):

1° em Urbanismo

1° em Ambiente

1° em Saúde

Um dos fatores que levaram BH ao topo do ranking foi o saneamento. A capital é hoje, uma das cidades com os maiores índices de atendimento com abastecimento de água potável e tratamento de esgoto, com 100% de abastecimento de água e mais de 95% de coleta de esgoto e lixo.

A capital é a única cidade do Brasil que possui uma política completa de enfrentamento às mudanças climáticas de reconhecimento internacional, assumindo o compromisso de redução de emissões locais em 20% considerando o ano base de 2007, levando a uma “economia de baixo carbono”.

No que diz respeito as áreas verdes, BH continua com o título de Cidade Jardim. É a terceira cidade mais arborizada do Brasil (IBGE 2010), com 18 m² de área verde por pessoa, índice 50% maior do que o preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Temos 73 parques municipais e 790 praças públicas.

Nossa cidade conta com 400 metros quadrados de painéis para cada 1.000 habitantes, em comparação com uma média nacional de apenas 44 metros quadrados. Somos também a única capital do país a ter 100% dos semáforos com lâmpadas de LED, reduzindo o consumo de energia em 87% e o custo de manutenção em 84%.

Ainda temos muito o que avançar, mas esses prêmios mostram que estamos no caminho certo. E essas conquistas pertencem a todos nós, é uma soma dos esforços de todos aqueles que mesmo com pequenas atitudes, buscam um futuro mais verde e sustentável.

Os encontros regionais do Connected Smart Cities em 2018 já começaram a ser agendados para os próximos meses. E ai, será que conseguimos conquistar o tetra campeonato?


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)

Deixe seu comentário :)